18 01 2010

Eis que hoje estou parando o carro e chegam umas crianças, na faixa dos 10 anos, vendendo guloseimas. Bem, na verdade eu estava estacionando no pátio do edifício de meus pais e as crianças em questão eram moradoras do prédio.

“Tio, tio, compra um biscoito? É para ajudar o Haiti”, diz uma menininha branquinha branquina, com cabelos pretos pretos.

Na hora, seria de pouco bom-tom recusar ou desconfiar da veracidade da ajuda humanitária – se fosse período escolar,  até diria que foi ideia de alguma professora engajada. Acabei comprando um pacote de bolachas Bono por R$ 1,50 (a menina ainda sacou o porta-moedas de grife para dar o troco para a nota de R$2, mas disse que magina, precisa não.

Bono for Haiti!

 

Mas o que está me encucando mesmo é a ligeira impressão de, logo após ter dado as costas á turmitcha, ter ouvido alguém falar “otário” bem baixinho. Espero que meu dinheiro não vire pedra de crack na mãos de tão abonadas criancinhas.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

18 01 2010
Rafael Paschoal

É tanta gente dizendo que vai ajudar o Haiti, que nem é condenável desconfiar. Se bem que, a julgar pelo valor, você não saiu no preju. Por via das dúvidas, o melhor mesmo é doar pelos meios oficiais.

18 01 2010
paula barros

Lá no comentário você me pergunta se é em Brasília aquele lugar? É sim.

Vai ter muita gente se aproveitando da situação no Haiti, muitos donativos sendo desviados, muito dinherio sendo roubado.

Mas você fez a sua parte.

21 01 2010
Pedro

Acho que foi esperteza, mas valeu pela ótima noção de marketing. hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: