16 06 2008

Ontem fui visitar Villa Adriana, construida nos primeiros anos depois de Cristo em Tivolli, uns 45min de carro de Roma – de boga acho que durava um cadinho mais.
Foi constuida pelo imperador Adriano, que nao era muito chegado à confusao caotica de Roma, que à epoca contava com quase um milhao de habitantes. La ele morava, quando nao estava em seus viagens. Tudo foi construido em 20 anos, pouquissimo comparado à grandiosidade da villa, que contava com termas, bibliotecas, palacios administrativos, jardins, teatros, templos etc, alem de um verdadeiro circo (palavra dada para os “estadios” para corridas de bigas e demonstracoes militares)
Hoje, so restam ruinas. A maior parte do marmore foi usada para usar em monumentos romanos do seculo XV, a pedido de quem? Dos Papas.
Eram 1.500 escravos para manter a Villa funcionando. Abaixo da Villa foram construidos sete quilometros de galerias e corredores para que os escravos pudessem andar sem ser vistos, transporte de cargas etc.

Adriano nao era romano, nasceu em uma pequena cidade perto da atual Sevilha, na Espanha, mas foi adotado pelo imperador Trajano pouco antes de sua morte, tornando-se, assim, o futuro imperador. A esposa de Trajano casou Adriano com uma sobrinha, na esperança que um filho legitimo do casal desse continuidade à linhagem imperail. Mas Adriano nao era muito chegado na esposa – em mulheres em geral. Antino foi seu amante. Quando morreu, Adriano chegou à beira da loucura e mandou construir um mausoleu na entrada de Villa Adriano, de modo que todos os convidados do rei pudessem prestar homenagem a Antino.

Essa foto (de celular, por isso essa cor azulada) tirei nas termas de uso pessoal de Adriano – ele tinha ainda uma pequena terma no quarto dele. As termas ocupavam posicao importante na vida romana. Ajudavam a cuidar do corpo e da mente, eram locais de encontros, de tomar decisoes politicas, de relaxar. Villa Adriana contava ainda com uma terma para convidados e outra para uso geral (escravos, legionarios etc). 

Na foto, da pra ver como era feito o aquecimento da sala quente (havia ainda a parte “morna” e a parte de agua fria). Esse vao abaixo do nivel do solo era onde se concentrava o calor vindo do fogo, que era alimentado por escravos em um nivel mais abaixo, nao visivel na foto, e que subia por sistema de canos.

 

Esta “ilha” è o que sobrou dos aposentos pessoais do imperador Adriano. Quando ele entrava, a ponte de acesso era suspensa, como forma de segurança. O espelho d’agua tambem tinha funcao decorativa. Praticamente todos os saloes, termas etc de Villa Adriana eram revestidos com marmores das mais variadas cores, trazidos de todos os lugares do vasto imperio. A luz do sol, refletida nestes espelhos d’agua (presentes em varias partes da Villa) refletiam e criavam interessantes jogos de luz no marmore.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

17 06 2008
Dani Sasaki

Os romanos foram incríveis engenheiros, topógafos, arquitetos, etc… mesmo. Quando estvie na Espanha nos mostraram os aquedutos romanos gigantescos que ainda estão lá, no sul da Inglaterra eu vi uma terma romana enorme também, na cidade de Bath. Uma pena não restar muita coisa além das ruínas sem mármores para contar a história. Em Efesus, na Turquia, as ruínas estão super bem conservadas e as ruas são todas de mármore, que continuam lá. =D

Ah, devo dizer que não é potável a água de torneira daqui… =(

17 06 2008
Pedro

Uma pena que reste tão pouco dessas construções magníficas. Ao menos ficam as histórias.

29 07 2008
stella

tb fui na Villa Adriano. Deslumbrante. Tenho muitas fotos e te mostro qdo vc chegar. Mas o melhor é que fui perseguida por um bando de gansos que moram lá. E tenho fotos do vexame, aizizus….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: